Botas Salto Agulha

Botas Salto Agulha

domingo

Caminhe!

Aprendi que cada passo nesse caminho tem o seu significado, que num certo sentido o próprio caminho já é o objetivo.
Com o passo leve vá adiante, para se deixar surpreender com o que vem ao seu encontro.
Caminhar verdadeiramente vazios nos liberta, porque precisamos apenas do necessário. Juntar coisas, segurar e agir muito só torna o nosso caminhar mais pesado.
O não saber depois da viagem é diferente do que aquele de antes.


Crica Fonseca
*Considerações sobre o livro Como um Monje Amarra seus Sapatos/Lorenz Marti

2 comentários:

Caroline disse...

Adorei o texto, a indicação do livro e a música.

Tudo muito lindo aqui!

Beijo beijo.

Anita Fonseca disse...

Que lindo tudo q vc fala, suas imagens! ontem quando vinha de viagem, uma borboleta entrou pela janela do ônibus (em alta velocidade) e pousou sobre minha mão. Uma coisa tão simples mas que eu achei de uma beleza incrivel. Como fiquei feliz com esse pequeno momento.

Bjsss.