Botas Salto Agulha

Botas Salto Agulha

quarta-feira

"Eu era jovem demais para saber amar...". (Pequeno Príncipe)

.
.

O Pequeno Príncipe e Sua Rosa

As flores são fracas. Ingênuas. Defendem-se como podem.
Elas se julgam terríveis com seus espinhos...
Para que servem os espinhos?
Há milhões e milhões de anos que as flores fabricam espinhos.
E não será importante compreender porque perdem tanto tempo fabricando espinhos inúteis?
Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões e milhões de estrelas, isso basta para que seja feliz quando as contempla.
Eu conheço uma flor única no mundo, e que num belo dia pode ser liquidada num só golpe.
Minha flor está lá, nalgum lugar...
Mas se um dia for arrancada bruscamente, é para mim, como se todas as estrelas se apagassem.
Sempre houvera flores muito simples, apareciam certas manhãs e já à tarde se extinguiam, e que não ocupavam lugar nem incomodavam ninguém.
Pude conhecer aquela flor que brotara num dia de um grão trazido não se sabe de onde.
Assisti à instalação de um enorme botão, mas a flor não acabava mais de preparar sua beleza, não queria sair, no radioso esplendor da sua beleza é que queria aparecer.
Era vaidosa, misteriosa, portanto, durara dias e dias...
Eis que numa bela manha, justamente à hora do sol nascer, havia-se afinal, mostrado.
Linda...
Não era modesta, mas era comovente.
Requeria cuidado.
Ela me afligia com sua mórbida vaidade.
Falando dos espinhos dissera:
_ Não sou uma erva má, perdoa-me!
Sob a noite coloquei-a sob a redoma.
Tomara a sério palavras sem importância, e me tornara infeliz.
Apesar de minha boa vontade, logo duvidara dela.
Não deveria tê-la escutado, bastaria olhar e aspirar o perfume da flor, mas eu não me contentava com isso.
Não soube compreender coisa alguma!
Devia tê-la julgado pelos atos, não pelas palavras.
Ela me perfumava e iluminava...
Não deveria jamais ter fugido.
Deveria ter-lhe adivinhado a ternura sob os seus pobres ardis.
São tão contraditórias nas flores!
Mas eu era jovem demais para saber amar.




(Antonie De Saint-Exupéry * Trecho Adaptado)

5 comentários:

Milla disse...

O pequeno príncipe é lindo!
Todo mundo precisa ler ou assistir pelo menos uma vez por ano pra não perder a sensibilidade e o dom de apreciar as pequenas coisas...

Bjs!!

Laura disse...

Pequeno príncipe marcou minha vida.

Beijos!

ANDREA MENTOR disse...

Lindo demais... Quantas e quantas vezes não somos jovens demais para amar... Amei!

Trujillo disse...

Muito belo. Principalmente quando se inicou com o Pequeno Principe. O livro, mesmoque lido muitas vezes, ainda apresenta muias licoes que devemos aprender.
Abcs

http://acordesdeumavida.blogspot.com/

Anônimo disse...

excelente livro! <3